> O desafiador Midnight Club 2 - Rei dos Games!

segunda-feira, 4 de maio de 2020

O desafiador Midnight Club 2


Joguei as versões de PC e de Playstation 2, mas minha análise será baseada nas minhas experiências com o console. Midnigth Club 2 é o segundo jogo da franquia hardcore de corrida a la Velozes & Furiosos que apresenta uma dificuldade fora do normal. Diferente de jogos como Need for Speed, as corridas aqui não possuem limites em suas rotas, forçando o jogador a se guiar pelo mini-mapa a fim de achar o atalho mais conveniente.

São três cidades ao todo, onde há o sistema de mundo aberto. Ao encarar uma corrida, você precisa chegar em primeiro passando pelos checkpoints e é daí que vem a inovação! Enquanto jogos do ramo, você é limitado a uma pista, aqui você tem a cidade inteira a explorar - encontrando atalhos e o melhor meio de chegar na frente. Isso pode ser frustrante para os iniciantes, mas quando aprende e entende que o jogo te desafia, deixa tudo melhor.


A dificuldade é maior ainda porque temos uma cidade movimentada, tendo que se esquivar de carros e fugir da polícia que surge para tentar prendê-lo (afinal, você está em um racha ilegal!). Algo maneiro deste jogo, é você equilibrar seu carro em duas rodas apertando L1 enquanto está em velocidade (o que será útil algumas vezes onde apenas metade do carro poderá passar em um atalho!).

As cidades do jogo aparecem nesta ordem: Los Angeles, Paris e Tokyo. Cada uma com carros característicos que são ganhos na medida que vá ganhando as corridas. Outra novidade é que o jogo não só se baseia em carros, pois você pode destravar motos e ser um motoqueiro - só que isso foi aprimorado no jogo seguinte, uma vez que jogar com motos aqui é uma puta desvantagem.

As corridas exploram o máximo das três cidades, tendo algumas que serão até no subterrâneo das mesmas... me lembro uma vez, numa corrida em Paris cujo errei a rota e caí no túnel. Como estava jogando com os amigos para fechar o jogo, teve um amigo que riu pra caramba de mim mas depois teve que se calar pois ao olhar o mapa, vi que era mais conveniente pegar aquele túnel que chegaria mais perto do próximo checkpoint do que o caminho que estava fazendo.


Ter que se desviar dos carros, ser inteligente para fugir a polícia e se guiar no mapa enquanto vai em alta velocidade é que me fizeram amar este jogo. Seu carro pode quebrar após danificá-lo bastante com as batidas, o que deixa tudo mais difícil. Me lembro da última fase o jogo como um troféu a ser conquistado, pois eram quase oito minutos de rota com todos os adversários usando o carro lendário. Um dos meus amigos estava tendo um caso com uma moça que tinha namorado e estava fazendo papel de vagabunda...

Fiquei pensando nela enquanto estava chorando para passar (o que levou anteriormente, mais de 15 tentativas) e após usar nitro e ter sorte do sujeito que estava atrás explodir após se chocar com o ônibus, zerei ao jogo aos gritos de "vagabunda"!


O legal é que toda vez que você ganha uma corrida, aparece um replay da mesma. Assim, você pode se admirar o quanto foi ninja enquanto se diverte assistindo um próprio filme gravado do seu gameplay. A versão a venda na Steam não suporta Windows Vista ou Superior, mas acho que uma ISO de playstation 2 pode ser encontrada na internet.

Abaixo, vou deixar um gameplay de uma das corridas em Tokyo para que você veja como o jogo é:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts