domingo, 27 de novembro de 2022

Como construir o teleporte em Terraria - Dica

novembro 27, 2022

Assim que você tem a companhia da Mecânica (Ellen) em seu jogo, poderá comprar o Teleporte. Permitindo ao jogador viajar rapidamente pelo mapa. Para isso, ligue os dois teleportes usando fios. Você compra todos os materiais necessários com a própria NPC, que vende também chaves inglesas (de várias cores) e corta fios


FAZENDO A LIGAÇÃO DOS TELEPORTES


Após posicionar os dois teleportes, use a chave inglesa para traçar o caminho de um teleporte a outro. Cada chave inglesa possui uma cor, e o uso dela é que definirá a cor do fio. Caso tenha posicionado um fio errado, use a corta fios para removê-los e assim, concertar sua rota. Os fios só podem ser vistos enquanto usa o corta fios ou alguma chave inglesa. Você deve ligar os dois lados dos fios como a foto abaixo, do contrário, o teleporte não funcionará bem.


Os fios possuem cores para você poder ligar até vários teleportes em algum mesmo local. E por mais que ambos sejam posicionados juntos, eles funcionam perfeitamente. Abaixo eu mostro como esse segundo teleporte que construí, (usando fio verde) consegue se teleportar a outro portal que era ligado com fio vermelho (ou seja, dois portais que eu fiz, levam para o mesmo lugar!).

Seja como for, após posicionar os fios (sempre deixando um para cima no teleporte, não se esqueça disso!) você precisa comprar os botões que o ativam. Fale com a Ellen novamente e compre com ela as placas de pressão (que também possuem várias cores e cada uma delas, um efeito diferente). Recomendo que compre as placas de pressão vermelha, elas funcionam sempre que você pisar nelas.

Assim, selecione a placa de pressão vermelha em cima do teleporte, faça isso nos dois que estão ligados e o mesmo estará ativado. Basta pisar em cima que você será teleportado.


quinta-feira, 24 de novembro de 2022

Como invocar o Cervoclope - Terraria

novembro 24, 2022

Este é um chefe que aparece no bioma de gelo e pode ser invocado usando o item Coisa de Cervo


Para isso, você precisa primeiro, ter em mãos: 3 peles de Flinx (que é dropada por uma criatura que dá nome ao item e que você encontra na foto abaixo). Além de 1 lente (que é dropada dos olhos demoníacos, cujo já falei na postagem Como invocar o Olho de Cthulhu) e 5 minério de carminita ou de demonita (dependendo se o seu mundo é carmin ou corrupção). Essas, são obtidas ao derrotar o Olho de Cthulhu, como também, o Cérebro de Cthulhu - aqui no blog ensinamos como você faz para invocá-los.


Assim com todos os ingredientes, vá ao altar de carmesin ou altar demoníaco (cujo mostrei imagens na postagem sobre Como invocar o Olho de Cthulhu) e faça o item. Mas, o item só funcionará no bioma de gelo, ok? Usá-lo em outro lugar não acontecerá nada!


COISA DE CERVO: 


  • 3 PELES DE FLINX
  • 5 MINÉRIOS DE CARMINITA OU DEMONITA (depende do mundo)
  • 1 LENTE

O incrível metroidvania brasileiro, Metamorfose S

novembro 24, 2022


Metamorfose S é um jogo metroidvania brasileiro, criado por André Monteiro, e publicado na Steam pela SA Industry.

Na história do jogo você controla uma espécie de androide chamado Sebastian, que tem como missão destruir outras criaturas do mesmo tipo, todos criados por um tal de doutor Gerry. O jogo basicamente tem um visual meio estranho, com personagens desenhados no paint. No entanto, os gráficos do jogo (texturas, ambientes, etc) são até bem bonitos.

O jogo parece ter sido inspirado no clássico Castlevania - Sinfonia da Noite. Por aqui, você mata monstros para ganhar experiência (e avançar de nível) e também para farmar itens. Esses itens são usados para a fabricação de armas, armaduras, colares e no equipamento do personagem. Existe uma lista de evolução de espadas, mas você não precisa chegar na última para zerar o jogo.

Ele é bom, mas não é perfeito...

Embora o jogo seja bom (e ele é!), isso não significa que ele não tenha problemas. Listarei alguns abaixo:

* O jogo NÃO EXPLICA como usar as habilidades que ganha com o Personagem. Você é obrigado a desvendar isso sozinho.

* Ao matar um chefe, você não recupera HP e as vezes precisa VOLTAR POR UM LONGO CAMINHO EXTENSO e morrer, e aí enfrentar o chefe de novo.

* Gasta se muito MP para utilização das habilidades/magias, e quando você pega os itens de recuperar MP, eles só dão 5 de MP.

Outra coisa que eu achei também é que alguns chefes são FÁCEIS DEMAIS. O "último chefe" venci facilmente.




No mais, Metamorfose S é um baita de um jogo. A questão de criação de itens, bem como todo o ambiente gerado, deixou o jogo com seu próprio estilo. Demorei cerca de 12 horas para chegar no fim dele. 

O youtuber Gemaplys chegou a fazer um vídeo sobre este jogo. Confira abaixo:


Metamorfose S está na Steam por um preço bem camarada. Compre agora, ou deixe na sua lista de desejos.

Metamorfose S (R$10,89).

terça-feira, 22 de novembro de 2022

Análise de METAL SLUG XX

novembro 22, 2022

Aqui no blog já fizemos algumas análises de Metal Slug, o clássico jogo de tiro-plataforma da SNK. Seja como for, gostaria de falar um pouco sobre a versão XX do jogo. Originalmente ela foi lançada em 2010, mas recebeu um port para algumas plataformas, incluindo a Steam (PC, com a qual estou fazendo a análise).

Diferente de outras versões para PC, a impressão que tive é que Metal Slug XX parece mais uma emulação. O jogo as vezes tem travamentos, e também achei a tela bem pequena. Como os demais jogos da franquia, você deve atirar em tudo que estiver pelo caminho. Existem veículos e armas a serem coletados no jogo. Além dos tradicionais Personagens, aqui você pode jogar com Clark, Ralf e Leona, de The King of Fighters. Achei maneiro que, ao jogar com a Leona, ela atira brincos ao invés de bombas.



O jogo é um pouco mais difícil que outros jogos da franquia. Diferente de outros jogos, aqui você pode guardar as armas que consegue, trocando até mesmo quais delas usar. Quando você morre, você NÃO PERDE essas armas, a não ser se usar um continue. Existem outros modos de jogo, mas ele se baseia inteiramente numa campanha. O jogo não é ruim. Para quem é fã da série, você precisa ter o mesmo em sua coleção. Metal Slug XX está na Steam por R$37,99 mas pode ficar mais barato com promoções recorrentes. Compre agora ou deixe na sua lista de desejos.

Metal Slug XX (na Steam, por R$37,99)

Como montar a Base do Cristal de Eternia - Terraria

novembro 22, 2022

Na verdade, eu custei entender como faria essa base funcionar. Porque a dica dada pelo NPC, não me pareceu ser muito clara. Só que isso era mais fácil do que eu imaginava! 


Se você já tem a base do Cristal de Eternia e não consegue ativa-la, você precisa escolher um local ao ar livre e colocá-lo em cima de um bloco (eu fiz com tijolos de pedra mesmo). Assim, ponha a base em cima dos blocos e crie um caminho de blocos para cada um dos lados, com no mínimo 61 blocos (segundo o que eu li no wikia). No meu caso, eu fiz com 70 de um lado, e sessenta alguma coisa do outro e funcionou.


RECAPITULANDO 

  • Escolha um lugar ao ar livre e reto.
  • Crie uma estrada de blocos onde a Base do Cristal ficará
  • Cada lado dessa estrada, deverá ter pelo menos 61 blocos
  • Ponha a Base em cima dos blocos e vá montando cada lado para saber quantos está colocando.


domingo, 20 de novembro de 2022

Análise da aventura "Caçadores do Oásis Perdido" - Aventuras para a Quinta Edição #6

novembro 20, 2022

Quem acompanha o nosso blog aqui, deve estar ciente que estou mestrando uma Campanha de D&D 5ª Edição apenas com aventuras prontas. No quarto nível, nosso grupo agora enfrentou o Oásis dos bandidos e o templo de Ankhotep.

Caçadores do Oásis Perdido foi uma aventura escrita por Chris Doyle, o mesmo que escreveu a aventura anterior, Os Pilares de Pelágia. Aqui os jogadores começam em uma prisão, onde devem encontrar uma alternativa para escapar. A aventura segue o conceito de exploração de masmorras, e possuem alguns encontros bem interessantes. Mesmo assim, tive que fazer alguns ajustes porque, se fosse realmente usar a aventura como descrita no livro, meu grupo teria muitos problemas.

A começar, os jogadores começam sem magias, itens e no nível de exaustão 1, o que dificulta muito nos testes. Até por conta disso, fui leve nos encontros aleatórios, como diminuindo o número de encontros, e também modificando alguns eventos da aventura. Essa aventura foi totalmente concluída em uma tarde de Domingo, e deixei os jogadores uma escolha: ou eles fogem de barco pelo Mar Vítreo, ou então enfrentariam o dragão de latão Brazcamel. 

O mago do grupo decidiu ficar no barco, e o restante do grupo (um clérigo, um monge e um bárbaro) decidiram enfrentá-lo. Inacreditavelmente eles conseguiram vencer o dragão, o que gerou um clima na mesa. Eu gostei dessa aventura.

sexta-feira, 18 de novembro de 2022

Análise de Gunman Clive 2

novembro 18, 2022

Aqui no blog já fizemos a resenha de Gunman Clive, um jogo de plataforma estilo velho oeste bem dahora. Seja como for, a produtora do jogo lançou a segunda versão desse game, com um visual bem mais caprichado, mas ainda mantendo seu conceito original.

Gunman Clive 2 é um jogo de plataforma estilo Metal Slug, onde tudo te mata! Inicialmente você começa com três Personagens jogáveis (o pistoleiro, a princesa e um índio), e pode destravar o Pato em caso de zerar o game. O Índio é a grande sacada do jogo, já que ele não usa armas de fogo, apenas uma lança para combates corpo a corpo, o que deixaria o game bem mais difícil.



Acho o seguinte: enquanto a primeira versão do game a coisa era bem mais fácil, em Gunman Clive 2 o desafio é de doer: embora seja curto (zerei em menos de 2h), o jogo vai exigir paciência para conseguir resolver algumas partes, não sendo recomendado para jogadores casuais, o que era no primeiro jogo.

Gostei muito do último chefe, embora achaste um pouco fácil.

Gunman Clive 2 esta na Steam por um preço bem acessível (cerca de R$6,23) mas pode ficar ainda mais barato com promoções recorrentes. Compre agora ou guarde na sua lista de desejos!

Gunman Clive 2 na Steam (R$6,23)

quarta-feira, 16 de novembro de 2022

Análise da aventura "Os Pilares de Pelagia" - Aventuras para a Quinta Edição #3

novembro 16, 2022

Como eu falei aqui no blog, estou com uma campanha apenas com aventuras prontas. Depois da aventura inicial, A Colônia Esquecida, os aventureiros do meu grupo desafiaram a Torre do Mar e seus perigos, em Os Pilares de Pilagia.

Diferente da outra aventura, esse livro é bem mais robusto (cerca de 52 páginas), com MUITOS DETALHES sobre a história de fundo, da Vila d'água, Torre do Mar e seus perigos. A história basicamente consiste em buscar informações sobre o Mago Arcadianus, mas existe MUITO mais coisa por trás disso. A história é tão detalhada que eu não consegui colocar toda a mesma na aventura.


Gostei muito do desafio, o que gerou situações bem interessantes. Existe uma parte, no começo da aventura, que os Personagens estão em uma ponte invisível, com uma Harpia. O Monge do meu grupo (personagem do meu amigo Josias) teve a ideia de laçar a harpia, jogando contra a torre. Esse mesmo Monge, no fim da aventura, acabou sugado por um redemoinho, etc.

Os desafios são mais moderados, e cada canto da Torre existem fotos dos mapas, e também desenhos para que os jogadores saber o que estão vendo. Gostei bastante do final (o que eu não contarei). Diferente da primeira aventura, esta foi muito bem construída. Embora alguns personagens do grupo caíram algumas vezes, eles conseguiram chegar até o fim, sem mortes.

Eu recomendo esta aventura. Ela não se baseia em encontros apenas, e quando eles aparecem, aparecem de forma genial. Existe em alguns casos até instruções de como agir com os monstros a cada rodada. Gostei bastante dessa aventura.

sábado, 12 de novembro de 2022

Análise da aventura "A Colônia Esquecida" - Aventuras para a Quinta Edição #12

novembro 12, 2022


Não apenas eu li, mas como mestrei essa aventura para meus amigos. Portanto, a minha análise sobre este produto será a mais precisa possível.

"A Colônia Esquecida" é uma clássica aventura de exploração de masmorras para nível iniciante. No entanto, embora tenha uma história até legalzinha, a aventura é totalmente... digamos... "quebrada". A impressão que eu tive é que o escritor dessa obra (Bob Brinkman) não fez nenhum tipo de playtest antes de publicar esse produto.


E por quê digo isto?! Existem muitos monstros, eles estão totalmente desbalanceados. Alguns deles possuem uma habilidade que lhe dão vantagem nos testes, o que foi alvo de reclamação minha e também do meu grupo. Além disso, os desafios SÃO GRANDES DEMAIS para simples aventureiros de 1° nível. Pra ter noção: meu irmão morreu 2x (com dois Personagens diferentes) na mesma aventura, o meu primo e outro meu amigo, e isso porque ainda tentei diminuir um pouco o número de encontros, o que não foi suficiente para quase terminar com o grupo todo morto.

Teve uma parte que o Personagem do meu irmão sofreu 6d6 pontos de dano por errar um teste, em uma parte da própria aventura. Como alguém coloca um dano desses numa aventura de 1° Nível?! A história não é tão ruim, apesar de confusa. Confesso: foi uma das PIORES aventuras prontas de D&D que já mestrei. Aqui no blog já fiz a resenha da aventura O Grande Desafio e também A Maldição de Strahd, que foi muito legal, e outras provavelmente que devo publicar aqui no blog.

Assim sendo, "A Colônia Esquecida" é uma aventura que não gostei, e não recomendo. Desafios perigosos demais para aventureiros em início de carreira. Esse é o ponto.

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts