> Baldur's Gate: Enhanced Edition - Rei dos Games!

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Baldur's Gate: Enhanced Edition



E vamos falar um pouco no grande clássico Baldur's Gate: Enhanced Edition, um dos jogos mais sensacionais que já joguei. No fim dessa matéria, vou colocar o link para a compra do jogo na Steam. Baldur's Gate foi uma série de games lançados respectivamente em 1998 e em 2000 pela Bioware. 

A versão "Enhanced Edition" é uma edição melhorada do jogo, com novos personagens e um episódio inédito. O jogo é totalmente baseado no mundo de Forgotten Realms (Os Reinos Esquecidos), nada mais nada menos que o maior cenário de RPG (de mesa) do mundo. Como esse jogo foi lançado em 1998, o sistema de regras ainda era o AD&D (Advanced Dungeons & Dragons).



E o que vemos em Baldur's Gate: Enhanced Edition?! 

O grande diferencial dele é que podemos jogar nossa própria campanha de AD&D sozinho. Criamos nosso Personagem (ou grupo de Personagens) utilizando as mesmas regras do RPG de papel. O jogo, mesmo sendo criado em 1998, tem regras suficientes para poder nos dar a liberdade de fazer QUALQUER COISA dentro do jogo, até as mais malignas: podemos roubar qualquer personagem, subornar os guardas, matar aldeões, etc. Atos bons (heroicos) e ruins são medidos através de um valor chamado Reputação, que mede a reputação dos personagens no mundo do jogo.



Uma ressalva: se você não conhece AD&D ou RPG de mesa, não jogue Baldur's Gate: Enhanced Edition, pois ele parece mais um RPG de mesa do que um jogo de computador. A começar pelo sistema de evolução: em mais de 50 horas de jogo que joguei (apenas na história principal) eu não consegui passar do Nível 8. Aliás, cheguei no fim do jogo no Nível 8.

Outro grande problema é que o jogo, além de progresso demorado, ainda não tem nuvem. Parei de jogar porque formatei o computador e, quando fui ver, perdi o arquivo salvo. Na Steam diz que o jogo é sincronizado na Nuvem, mas isso não é verdade.

Agora, para quem gosta de RPG (de mesa)/AD&D, o jogo é muito bom. Ele tem muita história e tudo segue fiel aos livros de Dungeons & Dragons e Forgotten Realms. Quem é fã deve jogar muito. Mas lembrando: encare mais Baldur Gate como um RPG de mesa do que um jogo de computador. 

No fim, a minha avaliação é boa. O problema todo no jogo é o sistema de evolução e poucos níveis que os jogadores alcançam em muitas horas de jogo (com quase 10h de jogo que avancei meu primeiro nível).

Compre o jogo na Steam (100% em português)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts