> Half Life: clássico dos clássicos! - Rei dos Games!

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Half Life: clássico dos clássicos!


Me lembro da época que tinha saído o Half Life mas por motivos de forma maior (fato de não ter um pc decente), não tive acesso ao jogo. Anos mais tarde, conheci o famoso mod que tinha se tornado mais famoso que o game em si, Counter Strike e por muito tempo, me divertia com esse maravilhoso game sem entender como era o jogo original que lhe deu vida.

Ao comprar o jogo na Steam (que eu vou deixar o link abaixo) pude entender porque ele foi eleito entre um dos maiores jogos de todos os tempos; Resumindo a história: você assume o papel de Gordon Freeman, um físico que estava indo para mais um dia de trabalho. O jogo começa com o jogador sem armas chegando de trem ao seu emprego, um centro de pesquisa secreto e subterrâneo (espécie Area 51) na qual, estavam fazendo pesquisas sobre tele-transporte.


Assim como acontece em The Ultimate Doom, algo dá errado e você se encontra como um dos poucos sobreviventes de um ambiente de morte, cercado por alienígenas e a missão principal, é claro, sobreviver. Enquanto em jogos como Doom e Shadow Warrior, você não passa as fases através de chaves por cores. Aqui, existem vários puzzles que exigem a inteligência do jogador, pois diferente dos jogos citados, em Half Life você não tem acesso a mapas.

Quem conheceu Counter Strike 1.6, vai reconhecer a mesma mecânica. Podendo até entender que seria um "cs de fase" e realmente é. Mas, assim como em Unreal Gold, não existe uma tela de transição de fase. Ao passar de um mapa a outro, o jogo carrega o próximo nível rapidamente e você já está no próximo mapa, que é feito para ser uma continuação do primeiro. E vou te dizer, os puzzles deste jogo são incríveis... como por exemplo, para ativar um painel de um ponto, você tem que ativar um mecanismo de alguma coisa e só daí terá o caminho liberado...


Também há algumas trolagens como todo jogo do tipo, mas não é apenas um jogo de atire em tudo que se mover. Gordon Freeman deverá vencer alguns inimigos pela inteligência e algumas vezes, deverá fugir para sobreviver. Mesmo tendo um vasto arsenal de armas, deverá usá-las com sabedoria e muitas das vezes, deverá usar seu famoso pé de cabra para quebrar caixa em busca de itens. Ele uma uma armadura que pode ser carregada em certos pontos, ou por itens que aumentam a armadura (algo comum em Doom, Quake e jogos do tipo). Em uma mecânica que entrete o jogador por horas, pois ele não só entra e mata os inimigos apenas... algumas vezes ele andará por corredores sozinho para resolver puzzles!


Eu mesmo, já sentei para jogar e quando fui perceber - já estava completando quase duas horas!

Alguns puzzles achei complicado, mas insistindo, consegui passar sem olhar em detonados.

Além de enfrentar alienígenas para sobreviver, Freeman enfrentará ate o exército americano. Que foi enviado para matar os cientistas e seguranças sobreviventes (além de exterminar a raça alienígena), assim, você terá que matar militares e diferente dos monstros burros de Doom, aqui são soldados que seguem a mesma regra do Counter Strike (será como se você estivesse jogando CS com bots, por isso, não basta só atirar pois eles terão inteligência para se esconder e até tacar granadas!)


Assim como no jogo Counter Strike Condition Zero Scenes Deleted, você possui mais de uma arma por numeração. Tendo várias armas em slots numerais, incluindo mochila de explosivos e uns bichinhos alienígenas que podem te atacar se você não souber usar direito!

O chefe final não chega a ser complicado, mas quando o personagem chega no final do jogo - ele receberá uma mochila a jato, na qual, o jogo não explicou como usa. É claro que originalmente, ele tinha um manual de instruções explicando como usar, mas como comprei na versão digital da Steam, tive que procurar no google pois você terá que usar em poucos momentos, então, para pular de um lugar alto a outro com essa mochila, basta apertar control antes de pular (é um comando besta, principalmente porque não é algo que eu esperava, pois imaginava ser tipo o que vemos em Duke Nuken).


Na Steam, você pode comprar DLCs que são campanhas da mesma história vista por outros personagens, incluindo militares que foram enviados para matar Freeman. Já falamos sobre ela no blog, caso tenha interesse, também veja:
Compre o jogo agora, ele custa 20 reais:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts