> O sofrível Mortal Kombat 3 de Master System - Rei dos Games!

sábado, 16 de maio de 2020

O sofrível Mortal Kombat 3 de Master System


Após elogiar tanto o game anterior da franquia para os 8 bits da Sega, devo dar uma opinião totalmente diferente deste jogo. Mortal Kombat 3 era tão improvável de sair para o Master que até mesmo eu, quando criança, já achava que o console já estava no seu limite em Mortal Kombat 2. Então, é claro que a curiosidade falou mais alto quando vi um garoto da escola levando a caixa do jogo para a casa.

Por ser em tempos onde a internet não era tão acessível com hoje, e plataforma de vídeos como o Youtube eram um sonho distante. A única coisa que a gente faz quando não conhecia um game, era perguntar para alguém que jogou, ou imaginar como seria. E sim, imaginei nos meus 12 anos mais ou menos, uma suposta "versão aceitável" de MK3. Na verdade, meus pensamentos eram um jogo parecido com o anterior, junto com um sistema de corrida. O que não pareceu ser uma boa ideia para aquele menino viciado em jogos...


A curiosidade seria saciada apenas quando jogasse aquilo...

E meu amigo, mais que jogo bosta.

Zerei com meu irmão apenas para poder se gabar "fechei todos o MKs de Master System". Mas esse daí não pode nem ser chamado de jogo de luta. Por gostar de jogos e ter na minha casa, é claro que zerei várias vezes e passei horas jogando com amigos - porque se acostuma com a jogabilidade travada. Hoje com tecnologias mais modernas, seria difícil alguém que não fosse da época, querer jogar um game VS da geração 8 bits - só que em MK3, nem os veteranos desejam jogar.

Vou fazer uma análise bem rápida comparando esta continuação com MK2.
  • Pontos positivos: há mais cenários em comparação ao jogo anterior.
  • Pontos negativos: mesmo número de personagens do jogo anterior e com jogabilidade lenta e travada.
O jogo funciona da mesma forma que Mortal Kombat 2, cujo já falamos na postagem MK 2 do Master System - A melhor versão de Mortal Kombat para os 8 bits. Porém, foi adicionado dois comandos novos: a corrida, permitindo que o personagem corra mais rápido fazendo apertando duas vezes pra frente; e um soco fraco abaixado ao apertar diagonal para a frente com o botão de soco (algo bastante inútil). 


Toda vez que um personagem leva um golpe, tudo fica travado e uma tentativa de combo é apenas dor de cabeça. Dá até pra você se divertir se não tiver outro cartucho. Pelo menos, joguei essa joça quando não tinha o MK2 em casa. Um ponto negativo pra Tec Toy, que trouxe essa porcaria portada do Game Gear e hoje só temos "boas lembranças..."

Se o MK3 não é muito querido pelos fãs, a versão do Master System pode ser considerada a pior de todas feitas em um console caseiro. Veja isso:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts