> A história completa de Soul Reaver (do início ao fim) - Rei dos Games!

sábado, 9 de fevereiro de 2019

A história completa de Soul Reaver (do início ao fim)


Legacy of Kain: Soul Reaver foi considerado como o 10ª melhor jogo de Playstation 1 não foi por acaso. Sua história profunda e um personagem cativante conquistaram fãs no mundo inteiro; Acredito que se você clicou nessa postagem, é porque só jogou o primeiro game ou mesmo tem curiosidade de conhecer a série. Pois bem, nessa matéria vou resumir a história do vampiro de maneira e evitar alguns spoilers (alguns vou ter que dizer, mas é para força-lo a jogar e ver por si mesmo como os caras deram aquele final épico para o personagem.)


Estou ainda empolgado, pois fez três dias que terminei o Legacy of Kain: Defiance (o jogo que conta o fim da saga de Raziel - algo como Soul Reaver 3 em que alguns puritanos que jogaram no PS1 nem deve saber). Nunca tive em mais de trinta anos de vida (sou tiozão mesmo),uma empolgação tão grande com a história do que no Legacy of Kain. A surpresa maior foi descobrir que aquele safado que manda nosso herói pro limbo, era o herói do jogo anterior ao Soul Reaver, chamado Legacy of Kain: Blood Omen. (Vou deixar um vídeo que resume traduzido em português, toda história de Kain - assim, você que jogou apenas o primeiro jogo no PS1, vai entender que ele não é "apenas um vilão", mas sim um personagem complexo e interessante.)



Para entendermos a história de Raziel, vamos falar sobre Nosgoth: o mundo que se passa a trama. Antigamente, existiam duas raças: Os "alados" (não é o seu nome oficial: apenas optei em chamá-los desse jeito) e os Hylden. Resumindo a trama: ambos adoravam a mesma divindade (aquele que ressuscitaria Raziel e lhe daria a tal missão de matar Kain e seus filhos em Soul Reaver). Até entrarem em guerra por causa dos Hylden serem contra a Roda do Destino: onde tudo já era pre-determinado e ninguém tinha controle de sua vida. Todos os eventos que passamos, sejam bons ou ruins, já seriam definidos - dando uma falsa sensação de escolha. Por isso as duas raças se enfrentaram até que os "alados" foram os vencedores, banindo seus inimigos para uma outra dimensão.


Para evitar que eles voltem, eles construíram noves pilares que selariam a entrada dos Hylden novamente ao mundo. Cada pilar representa um elemento e é daí que iniciamos os eventos do primeiro jogo; Abaixo, coloquei um vídeo onde se resume a saga de Kain e como ele se tornou vampiro. Mais embaixo, tem um vídeo legendado que mostra o jogo todo resumido para você entender melhor a história.


Se você viu os vídeos, já vai ter outra visão do que conheceu ao jogar Soul Reaver 1, não é? Agora que entende melhor sobre os pilares e seus guardiões, saiba que o verdadeiro objetivo do deus Ancião é exterminar os vampiros (pois eles não fazem parte da roda do destino por serem imortais). O que explica a missão de Raziel no primeiro jogo. Originalmente, a história do game foi planejada apenas para o primeiro game - mas como era ambicioso demais (principalmente por ser uma sequência de Blood Omen), os criadores tiveram que deletar cerca de quatro a cinco horas de jogo e repassar muitos de seus conceitos para os próximos. Vou deixar um vídeo que mostra alguns conteúdos deletados do jogo (que apesar de interessantes, os próximos superaram e MUITO a história pensada originalmente). Assista e depois continue lendo:


Antes de continuar, vale lembrar que a história de Raziel é dividida em 3 jogos: Soul Reaver, Soul Reaver 2 e Defiance. Se você viu o vídeo todo, na qual, explica o conteúdo deletado do primeiro game - saiba que as forjas elementais para a espada do nosso herói são apresentadas no segundo e terceiro jogo (Defiance) - além do Turel (o irmão que nosso vampiro não enfrentou no primeiro jogo).  Diferente do que o youtuber disse no vídeo: a cena, na qual, Ariel é sugada para dentro da Soul Reaver que Raziel vê no dispositivo Cronoplasta - acontece (isso LoK:Defiance) A cena legendada do encontro de Turel está abaixo:


Como já foi mencionado no vídeo que ele possui cinco games, a história de Raziel é vista apenas nesses três (cujo vou colocar o link para comprar tais jogos na steam assim que terminar a matéria). Já Blood Omen você conheceu -  e Blood Omen 2 (cujo não quis comprar) não encontrei nenhuma referência dele na saga de Raziel.

Os jogos são bem baratinhos e vale a pena comprar. Se você insistir em jogar Soul Reaver 2 pirata - irá até um certo ponto e nunca mais sairá de lá (graças a uma trolagem dos desenvolvedores). Tanto Soul Reaver 1 e 2 - rodam em pcs sem placa de vídeo - diferente de Defiance, na qual, só pude desfrutar quando coloquei uma placa aqui (porque o gráfico e seus efeitos são muito acima do que vimos em SR 2). Se você zerou o primeiro jogo, saiba que o Raziel descobriu que era pertencente a ordem de Sarafans, como aparece na abertura do jogo (que consequentemente é o final do primeiro). Vou colocar abaixo um vídeo legendado mostrando esta cena:


Se você viu os vídeos mostrados até aqui, já entendeu melhor a situação. Kain explica a Raziel sobre a "pre-destinação" (aquilo sobre não termos controle de nosso destino). Mas nosso herói acredita que era justo por ser da ordem de Sarafan - um grupo de caçadores de vampiros. Neste jogo, ele não enfrentará chupadores de sangue, mas sim humanos e vários tipos de criaturas. Descobrindo que ele não era uma pessoa tão justa quando acreditava que era e que a tal ordem aniquilava vampiros por puro prazer - isso reviu seus conceitos e a cada vez que os fatos sobre a origem dos vampiros e da guerra com os Hylden eram descobertos, mas ele entendia seu verdadeiro destino e o porque a Soul Reaver tentará engoli-lo.


Sim, a espada tentará se alimentar da alma dele. Mas acho que esse é o tipo de spoiler necessário para você querer jogar. No final do segundo jogo, Raziel voltará para o mundo espiritual e assim como o primeiro, seu final será mais como um "CONTINUA..." forçando ao jogador comprar o próximo game. Chegando em Defiance, temos a conclusão da historia e mais inovações no gameplay - vou ser sincero, todos os jogos mencionados aqui possuem jogabilidades diferentes. No SR 2, já era possível o uso de mouse, enquanto em Defiance você tinha mais botões para acessar e sem uso de mouse (é claro que tudo é mais fácil com joystick, pois jogar isso no teclado é só para os fortes - mas é a única experiência que tive!)

No terceiro game, temos uma visão totalmente diferente de Kain. Raziel já não o enxerga como inimigo (como era no SR1) e ambos são personagens jogáveis. Mesmo estando separados, os dois seguem o mesmo objetivo até a conclusão de tudo; São eventos que não quero explanar, mas apesar do jogo ser mais um hack n' slash do que Soul Reaver, sua história terminou da maneira mais incrível (pelo menos foi para mim). Raziel se encontra com Janos Audron momentos antes dele ser assassinado pelos Sarafans, que levaram o seu coração negro para seu quartel general. O vampiro decide recupera-lo já que tinha forjado sua reaver com os quatro elementos (ar, fogo, luz e trevas), lá ele encontra seus antigos irmãos quando eram humanos e cria um paradoxo cujo não vou revelar aqui para não estragar a surpresa.


Por fim, Kain está no mesmo castelo e encontra Raziel antes de desaparecer. E assim começamos o terceiro game: já no mundo espectral, o ex-Sarafan trai seu antigo mestre (deus Ancião) e foge contra sua vontade. Seu objetivo é ressuscitar Janos, mas no seu caminho é manipulado por Moebius e outros eventos que o levariam a lutar contra Kain e matá-lo. Cumprindo a vontade do deus ancião e colocando a roda do destino para girar novamente. Após forjar sua espada novamente com os elementos anteriores além da água e da terra, Raziel seria testemunha da destruição dos pilares - já que o Hylden que controlava Mortanius (aquele necromante do Blood Omen e que transformou Kain em vampiro) se apossou do corpo de Janos, que comemora a vitória e vai embora. Raziel foi morto e por ser imortal, não pode fazer parte da roda do destino. Ficando ao lado do deus ancião contra sua vontade por toda a eternidade.


Por sorte, Kain não morreu. Ele despertou na dimensão onde estavam aprisionados os Hylden e conseguiu sair de lá por um portal (já que os pilares tinham sido destruídos) e chegou no lugar onde Raziel tinha morrido. Moebius estava lá (porque tinha sido ressuscitado pelo deus ancião, na qual, o venerava) mas foi morto por Kain novamente - graças a vontade do próprio deus. Ao chegar no mundo dos mortos, explicou ao seu mestre o que estava acontecendo mas teve a alma sugada por Raziel, que aproveitou para tomar posse do seu corpo e fazer aquilo que tanto ouviu em Soul Reaver 2 e nos eventos de Defiance: DEIXAR A ESPADA SUGÁ-LO. Vou continuar resumindo a história, mas, veja esse resumo curto do que eu falei com imagens e com explicações do Menkay: um canal onde eu aprendi muito sobre a história enquanto eu jogava:


Sim. Raziel é o redentor e destruidor. Deveria ser sugado pela espada pois era assim o que dizia a profecia (bem, Janos não tinha entendido a mesma quando viu a Soul Reaver no braço de Raziel) mas era a única coisa a ser feita naquele momento para impedir o deus Ancião de vez. Kain não queria isso, mas seu antigo servo o fez por vontade própria. Assim que foi sugado para dentro da Reaver: a Soul Reaver e a Material Reaver (nem sei se dá pra chamá-la assim, mas a alma da espada voltou a fazer parte dela) se uniram e portando dele, Kain enfrentaria o deus Ancião para impedi-lo de ver.


A história termina assim, mas possui muitos eventos na qual eu tive que evitar para não estragar a sua surpresa. É claro que quando eu jogava, fui atrás para saber da história para entendê-la melhor - incluindo spoilers. A princípio não entendi porque Raziel tinha que ser sugado (foi por isso que a espada quebrou quando ele foi atingido em SR1 - graças a uma profecia). Mas ao longo dos jogos, terão explicações o suficiente para chegarmos a uma conclusão. 

COMPRE AGORA OS TRÊS JOGOS DA HISTÓRIA DE RAZIEL (cada um custa 13 reais)

LEGACY OF KAIN: SOUL REAVER: 

LEGACY OF KAIN: SOUL REAVER 2

LEGACY OF KAIN: DEFIANCE

2 comentários:

  1. Muuuuito bom, meus parabéns, essa saga é boa de mais! Uma pergunta, pensa em fazer um post com os spoilers?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu fizesse isso, estragaria sua diversão de muitos. Mas caso queira conhecer a profundo a história sem jogar os jogos, procure por Detonados de Legacy of Kain: Defiance legendado (muitos youtubers jogam o game inteiro e legendam as cenas) e assim você vai poder ver o que eu não falei aqui)... :)

      Excluir

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts