quarta-feira, 20 de maio de 2020

Unreal Tournament 99 continua forte até os dias de hoje


O segundo título da franquia Unreal (cujo já falamos do primeiro jogo aqui no blog) foi o que a tornou mais conhecida no início dos anos 2000. Superando-a em popularidade até a chegada de Counter Strike - que fez um sucesso danado nas lan-houses.

Focado nas competições em rede, o jogo foi lançado para ser o rival de Quake 3 - Arena, sendo bem-sucedido e logo lançando vários títulos até desaparecer por completo. Hoje, não temos tanta procura por jogos estilo arena deste tipo - pois games como próprio Fortnite (da mesma produtora) já compensam para o público. 

Talvez, o grande número de jogos de FPS como CS, Crossfire, Rainbow Six e outros praticamente exterminaram qualquer nova tentativa de um título estilo arena. Afinal, para que se aventurar em locais com muitas armas apenas para matar ou morrer sem nenhuma estratégia se já temos inúmeros games de tiro bem mais interessantes?



A franquia Unreal não conseguiu se adaptar com o tempo, mas isso não significa que seus jogos estão esquecidos. Até hoje, os games são comercializados a um preço bem acessível em sites como Steam ou Gog e temos inclusive, servidores dedicados ao jogo. Hoje, devo falar apenas do primeiro game da franquia: o Unreal Tournament 99. Em breve, devo falar sobre os outros games da série (espere que comprá-los e finaliza-los para ter uma ideia mais sólida).

O jogo é baseado no universo de Unreal e praticamente não ha história. Você entra em uma arena e tenta matar quantos você consegue antes de morrer. Meu primeiro contato com a série (e acredito que o da maioria) foi com este game. Conheci após ser apresentado por um primo que tinha a versão demo do jogo - lembro que passamos a manhã inteira jogando a campanha de demonstração e aquilo era tão divertido. Como o jogo era bom, era difícil não deixar de jogar - mesmo que fosse apenas offline e contra a CPU.

Anos mais tarde, conheci a versão 2003 do jogo em uma lan-house, mas não teria sido meu contato com a versão completa de 99. Cujo só fui conhecer recentemente, quando comprei na Steam. O que desde já eu recomendo que você compre, principalmente se você possui PCs ligados em lan! 


No jogo, você escolhe se faz parte das equipes azul ou vermelho, e tenta matar seus oponentes enquanto tenta permanecer vivo na arena indo atrás de kits médicos ou pequenas poções de cura. Seu arsenal é vasto: 12 tipos de armas para triturar os adversários, sendo que assim como o Unreal, todas elas possuem ataques secundários (com o botão direito do mouse). Além disso, você possui cinco modos de jogo que deixarão as coisas mais interessantes:
  • Deathmatch: o modo mata a mata. Todo mundo contra todo mundo! Cada morte ganha 1 ponto e após ser abatido, o personagem renasce em algum ponto aleatório do mapa. Vence aquele que atingir um exato número de kills definido antes da partida começar.
  • Team deathmatch: modo igual ao acima, só que feito por times.
  • Last man standing: igual ao modo deathmatch, porém, cada jogador possui um número de vidas e o objetivo e ser o único sobrevivente.
  • Capture the flag: esse é um dos modos mais legais na minha opinião. Aqui, você precisa roubar a bandeira do oponente invadindo a base do mesmo ao mesmo tempo que tem que evitar que roubem a bandeira do seu time. Cada bandeira adversária posta em sua base, rende 1 ponto e a equipe que adicionar 3 ou mais primeiro, vence.
  • Domination: a equipe precisa ir atrás de certos pontos no mapa e defendê-los. Esses pontos assumem a cor do time que dominou e o tempo que permanecer desta maneira dará pontos a equipe. Vence quem chegar a certo número de pontos!
  • Assault: uma equipe defenderá um local enquanto a outra tentará dominá-lo em um tempo estimado. Após isso, o jogo se inverte e quem estava defendendo, vai tentar invadir. A equipe que cumprir seu objetivo (evitar que seja invadida ou ser bem-sucedida na invasão) ganha 1 ponto e quem na soma tiver 2 pontos, vence.

Servidores e jogando com amigos
Como dito, se você tiver uma rede Lan - poderá usá-la para jogar com seus amigos. Porém, a possibilidade de internet não está descartada. Existem servidores que possuem jogadores até hoje, inclusive, dois brasileiros. 


Diferente de jogos como Counter Strike, por exemplo, entrar em um servidor que use arquivos próprios, você deverá fazer o donwload - mas não há nenhuma barra mostrando quando tempo falta pra terminar, o que pode ser um tédio. Pois o jogo vai mostrar que estará baixando tal arquivo e como muitas vezes, podem ser muitos - você pode até desistir. Isso não acontece se você jogar online ou criar seu próprio servidor dedicado. Apenas quando você tentar entrar em um servidor que tenha muitos arquivos para serem baixados!

A vantagem de jogar online ou em Lan, é que após você encerrar uma partida, haverá uma lista de mapas que você poderá votar livremente. Praticamente, temos um jogo democrático - o que não acontece em servidores de outros jogos. Você pode jogar sem leg em servidores de outros países, eu mesmo, já me diverti sem problemas - mas a maioria exigirá que você baixe muitos arquivos! 

Sobre criar um servidor dedicado, há essa opção mas a versão da Steam cria uma janela e você não poderá jogar e ter um servidor pessoal (o que acho ridículo). Se tivesse isso, seria mais fácil marcar aquela jogatina online. Como acabei por comprar a versão da Gog, ela diferente da Steam, pode ser aberta fora do Gog Galaxy. O processo é o mesmo, ele transforma o jogo num aplicativo destinado ao servidor - mas como você pode acessar o jogo por fora, pode entrar neste servidor. Vou tentar achar alguma maneira de jogar online, caso tenha sucesso - vou criar uma postagem a respeito aqui no blog, da mesma maneira que fiz ensinando você criar seu próprio servidor de CS 1.6.


Talvez com o uso de hamachi, vocês podem organizar uma partida por Lan pela internet, mas não sei mexer com aquilo e por isso, não posso dar uma opinião a respeito.

Jogabilidade dos anos 90
Para você da nova geração e que desconhece a jogabilidade dos jogos antigos, o gameplay de UT 99 costuma ser bastante rápido. Não há uma movimentação realista aqui, e como você pode dar dois toques para um lado para saltar para a mesma direção - se torna praticamente um pesadelo quando você tenta acertar um jogador viciado. 

Enquanto no Counter Strike você precisa aprender como atira com cada arma, aqui você não precisa ser expert em nada. Basta atirar sem compromisso afim de atingir o alvo e e isso que faz o jogo ser jogado até hoje! Porque ele te diverte até mais que outros jogos mais famoso do gênero. Tudo porque você não tem risco de encontrar xiters e não esta preocupado com algum jogador xarope xingando todo mundo. Aqui você entra na arena, mata quem conseguiu, retorna após morrer e dá boas risadas - isso ao som do famoso narrador que foi incluído em servidores de outros jogos.

Apertando F1, você vê seu placar. E mesmo se estiver jogando sozinho, vai lhe entreter por horas!

Acredito que se unir a quatro amigos e experimentar ele por uma tarde, com certeza, será uma diversão frequente a rapaziada.

Você pode comprar os jogos pela Steam ou Gog através o link abaixo:

(EU TENHO AS DUAS!)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts