> O Sonic de Master System supera o original de Mega Drive - Rei dos Games!

domingo, 13 de setembro de 2020

O Sonic de Master System supera o original de Mega Drive


A história sobre a criação de Sonic, todos nós sabemos. Mas, para muitos, a versão clássica lançada para o Master System supera o jogo original. Será que estão certos?


Na postagem sobre o Mario Bros 3, eu falei sobre o carinho que eu tenho com Sonic do Master System assim como muitos tem com Super Mario World na infância. São jogos que acompanharam o console e que nos entreteve tanto e hoje faz parte de nossas vidas. No meu caso, no natal de 96 para 97, meu irmão e eu estávamos felizes por receber um Super Nintendo. Ele era o videogame da vez e o conhecíamos muito bem, principalmente por jogar horas e mais horas numa locadora do bairro. Como era escolha nossa decidir qual presente queríamos para o Natal, Snes foi a o que desejamos para aquele ano.


Só que meu pai sempre trabalhou de autônomo e na véspera de Natal de 96, o videogame estava caro demais para que ele pudesse comprar. Mesmo assim, decidiu comprar um Master System porque era um console mais em conta do que poderia pagar. Me lembro muito bem ele me pedindo perdão por ter que comprar este aparelho em vez do outro. Como se a gente tivesse ficado frustado com isso... nós amamos o presente! Temos inclusive um primo nosso que escolheu ganhar um Snes e recebeu conosco e nem ligamos... afinal, tínhamos um videogame só nosso, que mesmo sendo 8 bits, era muito mais moderno que o Atari que tínhamos obtido anteriormente.


O jogo que vinha em sua memória já era conhecido: Sonic The Hedgehog. 


O primo que ganhou o Super Nintendo naquele natal já tinha o tal console e dali que conheci o porco-espinho pela primeira vez. O nosso amor pelo Mario e pelo Sonic era praticamente o mesmo, pois vivíamos uma época que o que realmente queríamos era nos divertir. A guerra de consoles existia apenas para as empresas, pois o que a garotada queria ter boas opções nas prateleiras. E naquele Natal, receber Sonic na memória e mais duas fitas emprestadas do meu tio (que era Ghouls n' Ghost, cujo também já escrevemos uma análise no blog, e Sonic 2) fizeram o meu ano de 97 ser muito promissor em relação a jogos.


Logo, uma prima minha também ganhou um Master e era comum tentarmos zerar o game na casa dela. Você sabe como criança muita das vezes é burra! A gente, conseguia a princípio, chegar até a terceira zona, que é da floresta - sempre dando game over naquele chefe que joga umas bombas no chão. Ou seja, a zona do Labirinto era algo novo para a gente, mesmo sabendo que ele seria a próxima. Teve uma vez que esgotamos todos os continues e não conseguíamos passar... até que...foi um passo para o final do jogo, mas não tínhamos zerado ainda... ficamos muito tempo...


Um ano depois, já conhecíamos tudo do jogo: a posição das esmeraldas, glitchs e secretos, mas não conseguíamos passar pelo chefe final. A gente jogava aquilo todo dia e não conseguia, até que um dia, ouvindo as dicas de um primo meu que também tinha um Master, consegui passar e me lembro da emoção de ter zerado o jogo. Meu irmão apareceu na sala e viu o que tinha acontecido... aí disse o que eu fiz pra passar e ele pediu pra jogar... assim ele começou o jogo todo do zero e zerou - o que era uma obrigação, afinal, já tínhamos zerado Sonic 2 e o primeiro, nada.


O Sonic para Master System não é tão veloz quanto a versão de Mega, e nem mesmo tem essa intenção. Acredito que ele seja melhor, pelo fato de ser nostálgico e de ser um dos jogos do Master System mais bonitos e bem caprichados. A trilha sonora é única e o fator replay é grande! Para começar, as esmeraldas estão espalhadas em locais secretos (geralmente nas segundas fases das zonas) e não aquele bônus doido do Mega. Também temos um mapa da ilha de Sonic mostrando a trajetória da fase, o que deixa tudo mais interessante. Em vez deles criarem um port para o Master, decidiram fazer uma versão própria do jogo para ele, assim, temos dois jogos incríveis!


Diferente da versão original, quando você passa de fase, as placas vão apresentar a figura do Robotinik (na maioria das vezes); a figura de um anel (oferecendo 10 anéis adicionais); do Sonic (dando uma vida extra, mas ela aparece geralmente quando o jogador morre muito na fase) ou um sinal de exclamação (que o leva para a fase bônus). Nesse tipo de estágio, você apenas pode colher um monitor de continue e tem acesso a muitos anéis para aumentar seu marcador de vida, que vai até nove, mesmo ultrapassando este número.


Toda vez que Sonic se esbarra em algum inimigo ou tem contato com espinhos, ele perde todos os seus anéis. Diferente da versão de 16 bits, onde ele pode recuperar alguns. Por se tratar de um jogo menos veloz, você é livre para explorar o cenário! Sempre encontrando o Robotinik no terceiro ato das zonas cujo você deverá derrotá-lo sem anéis. A única coisa possível se você estiver usando uma proteção, cujo a gente chamava de "bolha" uma esfera que cobre o personagem e permanece com ele até o final do jogo se Sonic não tomar dano.


Já os power ups, temos além da proteção, os sapatinhos, que fazem o Sonic correr bem rápido por um tempo e estrelas que o deixam imune a qualquer coisa por um tempo. Há também um monitor com a seta pra baixo e que se estoura-lo, o transforma em checkpoint e a vida, que são monitores com a cara do Sonic. Para se ter o final verdadeiro, são necessários 6 esmeraldas!

Por ser um jogo de 8 bits, você não vê nenhum animalzinho saindo do robô destruído. Os amigos do porco-espinho só são vistos quando são libertos após passar uma zona para a outra. O final é legal e chega a ser tão bom quanto o do mega. (Apesar que da versão 16 bits é muito mais evidente que Sonic venceu o vilão).


Para você que não jogou, vale a pena dar uma conferida! Recomendo muito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts