domingo, 6 de setembro de 2020

Sigil 666 é o mais difícil de todos os episódios de The Ultimate Doom

"Depois de matar o Spiderdemon no final de E4M8, sua próxima parada é a Terra - você deve salvá-lo do Inferno que está causando uma carnificina inimaginável. Mas Baphomet deu um glitch no teletransportador final com seu sigilo oculto cujo poder sobrenatural o leva até costas ainda mais sombrias do Inferno . Você luta através deste bolsão de mal para enfrentar os arautos de Satanás e, finalmente, retornar para se tornar o salvador da Terra. 

Jonh Romero


A comunidade de Doom recebeu com bons olhos o que se tornaria o quinto episódio do bom e velho The Ultimate Doom (um dos meus jogos favoritos e cujo, tive o prazer de escrever uma análise não só dele, como todos os jogos clássico da franquia). Desenvolvido por Jonh Romero, o jogo está disponível gratuitamente a todos que tem uma versão original do jogo (que foi liberada após a atualização de 03 de Setembro de 2020, veja as mudanças!)


O jogo lançado em 29 de Maio de 2019 e vinha com novos nove mapa como todo episódio do jogo. Minha análise será na dificuldade Ultra Violence, a qual, estou acostumado a jogar desde que comecei. Segundo o Wikia, a ideia de criar este WAD veio do próprio Jonh Romero em 2017, quando ele viu o bom retorno da comunidade após o mesmo criar dois mapas no ano anterior: Tech Gone Bad e Phopos Mission Control (cujo este tive o prazer de jogar).


O criador de Doom decidiu que a dificuldade de seu novo episódio teria que ser maior do que aquela do episódio 4 de The Ultimate Doom, o que de fato, conseguiu. Como jogador veterano de Doom, posso afirmar que este episódio não se resume a matar monstros e sim encontrar a saída. Primeiro, porque sua munição não vai dar conta de abater todo mundo, forçando que você seja econômico ao mesmo tempo, esperto. Algumas chaves, por exemplo, vão força-lo a ir se esquivar do monstro, pegá-la e sair, simplesmente assim!


No início, você já começa com a escopeta mas está em um local que beira o inferno. Com espectros que conseguem se camuflar perfeitamente. Haverá muitos "loads" em sua campanha, vai por mim! As vezes, você será trolado após superar momentos de dificuldade e achando estar livre, vai aparecer um monstro pra tirar o sorriso da sua cara!


Como também crio mapas para Doom, posso dizer que o design de mapas de Romero está genial. Ele conseguiu adicionar coisas novas usando as mesmas velhas ferramentas de sempre. Uma coisa que eu gostei em Sigil, foi o design inteligente dos estágios. São coisas implementadas que nunca tinha visto em mapas de Doom e muita coisa eu aplaudi (principalmente por entender como ele fez, afinal, ele usou o Doom Builder, um programa que cria seus próprios mapas ). Já cheguei a falar sobre ele aqui no blog, mas não apresentei nenhum tutorial até então.


O design de Sigil e feito de forma a re-utilizar elementos da fase, ou seja, você inicia de um ponto e um caminho uma hora vai se ao lado do ponto inicial. As coisas foram feitas de forma a se explorar ao máximo o ambiente, com alguns puzzles simples. O legal é que diferente dos capítulos convencionais de Doom, sempre temos a consciência de onde está a saída, o que não acontece em Sigil. Você explorará o cenário a sua volta, pegando itens e driblando alguns monstros até descobrir no final, uma porta de saída. Não há nenhuma menção "exit" para guiar o jogador e ele deverá escolher quando usar sua munição, lembrando que se usar muito agora, pode faltar depois.



Para passar de alguns estágios, você será obrigado a se arriscar. Em outros, você deverá usar a inteligência para saber quais monstros matar e quais driblar para alcançar seu objetivo. Não acredite que você fará 100% de Kill nas fases mais avançadas (pelo menos, não se estiver jogando no modo Ultra Violence). Sobre a fase secreta, eu devo jogar depois uma vez que a atualização do dia 03 de Setembro/20, me permite escolher as fases. Em todos os estágios você vai encontrar um olho, cujo deve receber dano de sua pistola ou escopeta para ligar algum mecanismo na fase. Isso é um tipo de alavanca inédito na franquia, que foi muito bem aceito ao meu ver!


A única reclamação que eu tenho, de verdade, são alguns ambientes escuros. Sei que isso é para atormentar o jogador (o que acontece), mas por muita das vezes desanima. Quer conhecer Sigil? Basta sincronizar sua conta Bethesta com sua conta Steam e comprar o jogo original...


Compre agora (9 reais):

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts