> Como Dragon Age 2 superou o primeiro game em interação - Rei dos Games!

domingo, 8 de agosto de 2021

Como Dragon Age 2 superou o primeiro game em interação

Antes de iniciar minha análise de Dragon Age 2 aqui no blog, quero primeiro ressaltar seus pontos ruins e que precisam ser avisados com antecedência para que a pessoa que for comprar o jogo na Steam, não possa ter nenhuma surpresa. 


A primeira sem dúvida, é a falta de uma tradução em português para o jogo. Mesmo que na página da loja  da Steam esteja dito que está em o game está em nosso idioma, não encontrei nenhuma opção para muda-la e- tive que baixar uma tradução para poder jogar.


Caso queira baixar a tradução, clique nessa postagem que fizemos a respeito.


O segundo ponto (e que é o mais irritante do que a falta de uma opção em português) seria a obrigatoriedade de criarmos uma conta na Origin, que seria uma espécie de "Steam da EA games". Sem uma conta Origin, você não joga Dragon Age 2 na Steam! A grande sacanagem, é que você precisa criar uma conta lá, e ao instalar o jogo, você É OBRIGADO A INSTALAR O ORIGIN, que vai ficar sempre desabilitado no computador, mas... toda vez que você entrar no game, ele irá abrir para reconhecer que é você que está jogando.

É certo que ao criar a sua conta e vincula-la na Origin, toda vez que abrir o Dragon Age 2 - você não terá nenhum outro problema. O jogo abrirá como sempre e você irá se divertir! Mas... tenho que adverti-lo que esse tipo de coisa costuma ser injusto quando no caso, você estiver sem internet. Sem conexão na rede, o jogo não abre (afinal, você precisa se conectar a Origin para jogar) - o que de cara, já torna Dragon Age Origin como um jogo melhor, afinal, você pode jogá-lo até mesmo quando não tiver internet.


Mas... defendendo o uso do Origin, você poderá jogá-lo pelo aplicativo deles. Cujo em sua conta mostrará o jogo com o ícone da Steam. Sendo que no aplicativo da Valve, o game não possui nuvem - mas ao ter que formatar o meu computador (quando foi levado para a assistência técnica) descobri que meu jogo salvo permaneceu intacto. Então, não chega a ser algo tão ruim! (já que a Origin oferece serviço de nuvem)


Após alguns avisos, do que se trata Dragon Age 2?


Como fã da série e encantado após zerar o primeiro jogo, comprei na Steam essa continuação. A primeira grande surpresa (além das que já mencionei) é que aqui você não escolhe um histórico, e sim, tem um personagem fixo (como The Witcher, por exemplo). Isso acontece para que o jogador tenha mais escolhas durante a aventura, que diferente do primeiro game - abriu muito mais possibilidades. A grande vantagem de Dragon Age 2 sob o primeiro é justamente as interações sociais dos personagens e como são muitos, você pode conhecê-los melhor na medida em que sua amizade aumenta. OBS: após passar o prólogo, você poderá editar o seu personagem assim como Dragon Age Origin!


Esqueça o "medidor de confiança" do game anterior. Agora, suas decisões não removem ou atrapalham suas interações com membros do grupo (cujo pode até de deixar, mas é por alguma coisa da própria história ou por decisões que levaram a sua saída). Não existe mais a possibilidade de você perder um membro de um grupo por que fez algo que ele foi contra. Em seu lugar, foi posto um sistema de amizade e rivalidade. Quando seu personagem faz algo que o seu companheiro concorda, você ganha pontos (da mesma forma que acontecia quando você presenteava alguém). Quando mais pontos ele ganha, mais amigo se torna do personagem e quando mais coisas que você faz que o desagrada, mais ele se torna seu rival (e na árvore de habilidades deles, existe uma que adiciona vantagens ao companheiro diferentes para o mesmo, se for amigo ou rival).

Enquanto você precisava ser muito amigo de um personagem para que o mesmo te concedesse uma missão. Aqui, as amizades vão gerando várias e daí podem vir os romances! Como cada personagem do grupo tem sua própria casa, você as vezes terá que visitá-los para conversar sobre uma missão ou o que aconteceu na última aventura. O que pra mim, se tornou um sistema muito superior o que tinha visto em Dragon Age Origin.


Algo muito legal neste game é que você usa o arquivo de seu antigo personagem (aquele que terminou o Dragon Age Origin, se houver) tornando o mundo muito mais dinâmico - mas quem pensa que você irá reencontrar personagens como Morrigan, por exemplo, pode ir tirando o cavalo da chuva. Este jogo não é focado nos flagelos e/ou cria das trevas como imaginamos, e sim, numa tensão política na cidade de Kirkwall. Assim, conhecemos outros personagens e criamos uma história através de decisões que nos fazem querer entender melhor um personagem ou outro e assim, brincar no pc de "RPG de mesa" como o primeiro jogo.


Na medida que você vai ganhando confiança de seus companheiros de grupo, podem surgir situações que levam a novas missões só para aquele companheiro e esse é o forte desse jogo - conhecer os seus colegas de grupo. As opções para suas decisões são bem mais elaboradas que o Origin, contando com o detalhe de aparecer opções extras para um personagem do grupo em específico (se ele estiver na equipe), tipo perguntando: "fulano, qual é a sua opinião?". De quebra, o que acontece no Dragon Age Origin, também ocorre aqui - os personagens conversam sozinhos e tudo mais. Há muita coisa para você fazer, e isso me deixou bastante animado.

Porém, para ter toda essa interação - a parte de RPG de mesa (digo, o "sistema de regras") teve que ser sacrificado. Nada de aprender a criar poções, armadilhas ou evoluir o personagem para ter tal habilidade. Nada de ir nas lojas para comprar componentes químicos para criar novos itens! Aqui você sempre recebe os itens que precisa e não se preocupa com "detalhes mais complicados de jogos de RPG". Até mesmo o combate está simplificado, ficando rápido e retirando coisas como fogo amigo e colocando opções de uso de poções com apenas um clique.


O que eu senti falta no Dragon Age 2 foram as masmorras. Aqui sempre temos que ir para um canto e outro, e muitas vezes, teremos que passar pelos mesmos mapas! Tudo foi feito para ter um combate rápido e simplificado, forçando o jogador a interagir com outros personagens e criar sua história e não ganhando pontos de experiência ao explorar masmorras. Tal simplificação é vista na própria equipe! Apenas o jogador que poderá usar armaduras, luvas e botas (os demais tem trajes fixos) - sobrando aos demais armas, anéis mágicos e amuletos.

Temos os antigos personagens Bodah e Sandall (aquele que fala "encantamento") cujo nos apresenta um modo simples de implantar runas. Então, enquanto Dragon Age Origin era um "mini RPG de mesa" para pc, Dragon Age 2 é mais um jogo de PC com elementos de RPG. O que não é de todo ruim, afinal, curti demais esse jogo cujo nos envolve pela história que está sendo contada - mesmo que algumas missões sejam mais "vá para aquele lugar e fale com fulano de tal". Não temos personagens como do primeiro jogo, mas cada um tem sua própria história (cujo não vou contar aqui porque estragaria a sua surpresa) mas, quem sofreu para ter romances em Origin, sabe que aqui é muito mais fácil - eu mesmo, dormi com duas mulheres do grupo no mesmo dia e nem esperava. A primeira não quis namorar com meu personagem, então acabei tendo relacionamento sério com a segunda - que veio morar na minha casa...


Por mais que seja diferente do primeiro jogo, Dragon Age 2 leva as mesmas magias e itens - levando os jogadores a conhecerem melhor o mundo de templários e magos cujo não pode ser elaborado no primeiro game. Temos inclusive, mais detalhes sobre os Qunari, magos de sangue, elfos, etc. Então, como fã de Dragon Age, recomendo demais. Vale muito a pena e você passará horas e mais horas tentando desvendar os segredos de seus companheiros e criando uma história ao se tornar o campeão de Kirkwall - lembrando que se você pretende jogar Dragon Age Inquisition , este jogo é o seu prólogo.


Compre agora na Steam (R$59,00)


https://store.steampowered.com/app/1238040/Dragon_Age_II/


Leias novas outras postagens sobre Dragon Age

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts