terça-feira, 7 de janeiro de 2020

O satânico colorido de Cup Head

Foto: Divulgação
Cup Head ("Cabeça de Copo") é um clássico jogo de plataforma lançado em 2017 pelos irmãos canadenses Chad e Jared Moldenhauer com o nome de Studio MDHR. Ambos os irmãos sempre foram apaixonados por games, e quando crianças, brincavam de desenhar seus "próprios jogos", como versões alternativas criadas por ele de Megaman (clássico game da época no NES), que existiam apenas na imaginação deles.

A ideia por trás do jogo começou em 2010, mas foi a partir de 2012 que a produção dele inicialmente começou. A princípio, o personagem principal do jogo, Cuphead, só foi criado em 2013. Com uma proposta bem interessante, Cuphead quis focar em desenhos animados dos anos 30, conhecidos pelo seu politicamente nada correto. Ainda em 2013, os irmãos mostraram sua criação em uma feira da Microsoft para jogos indie, com a qual ganhou bastante reconhecimento e atenção do público (veja vídeo abaixo). A partir de 2014, quando esse fato aconteceu, a dupla ganhou fôlego total para a continuação da produção do jogo, através do pequeno estúdio MDHR.

PRIMEIRA APARIÇÃO DO JOGO (2013)

A repercussão acabou sendo tão grande que a própria Microsoft ofereceu um espaço durante uma de suas conferências, em 2015, para que os irmãos Moldenhauer pudessem apresentar o jogo, ainda em produção. Ao que tudo indica, a produção do jogo contava com oito pessoas na produção. Para bancar os custos de produção, os dois irmãos foram atrás de empréstimos para financiar o projeto em curso. Antes do fim da produção, a equipe aumentou de tamanho, o que foi essencial para o término da obra.

Cup Head é um jogo de plataforma das antigas (jogos antigos eram conhecidos pela sua dificuldade), que representa uma luta contra o próprio diabo. Veremos um pouco mais a frente sobre isso.

A História por trás de Cup Head.

Qual o diferencial de Cup Head para os demais jogos do mercado?! Os irmãos Moldenhauer escolheram abandonar tudo para desenvolver esse jogo. A proposta do jogo era criar um game TOTALMENTE desenhado como uma animação as antigas, incluindo os cenários pintados como quadros. O estilo do jogo seguia os desenhos clássicos dos anos 30 à 50.

Foto: Reprodução
E qual a história de fundo do game?! Cup Head e Mug Man (Xicrinho e Caneco) são dois homens xícaras que vivem na Ilha do Tinteiro. Eles não obedeceram seus pais e acabaram parando longe demais, no Casino do Diabo. Por lá, estavam ganhando tanto que estavam quebrando a banca do cassino. Até que apareceu o próprio diabo, dono do lugar, oferecendo eles uma nova aposta: eles poderiam ficar com todo dinheiro do cassino caso ganhem, mas perderiam suas almas caso perdessem. Eles perdem no jogo mas pedem clemência ao diabo, que oferece uma missão para eles: que eles busquem as almas de todos outros devedores a ele na Ilha do Tinteiro antes da meia noite.

Foto: Reprodução
Assim sendo, os jogadores devem trabalhar para o diabo, recolhendo os contratos de almas que não foram pagos pelos habitantes da Ilha do tinteiro. No fim do game, existe a opção de lutar contra o próprio Diabo (ele sendo o último boss) ou então se aliar a ele.

O Satanismo colorido de Cup Head

Cup Head não é o primeiro jogo a abordar elementos de Satanismo, Demônios, Diabo, Inferno... O enredo do jogo mostra um diabo cartunizado, bobo, sendo responsável por todos os vícios do ser humano. Quem conhece a Bíblia e um pouco sobre essas questões espirituais, sabe que o diabo representado em Cup Head não tem nada a ver com o diabo real.

No começo do Século é muito comum franquias e jogos tentarem simpatizarem o diabo e o Inferno com o ser humano. O diabo não é bobo, ele não dá clemência, ele não aceita ser passado para trás. Não sei se existe alguma mensagem satânica por trás do jogo, ou mesmo os desenvolvedores usaram a ideia do diabo para polemizar e ganhar mais dinheiro.

Minha análise sobre Cup Head

Cup Head tem a mesma proposta de jogos antigos, como Metal Slug, Contra, etc. É um jogo de atirar e correr. Ele pode ser jogado sozinho ou com duas pessoas. Sozinho, você pode escolher entre Cup Head (vermelho) ou Mugman (azul). O jogo tem poucas fases, onde são usadas para pegar moedas douradas, que serão usadas para a compra de armas e equipamentos. A lista de equipamentos e armas é pequena, com seis espaços diferentes cada.

O jogo exige mais um controle, porque tem pelo menos cinco botões de ação, mas dá para jogar normalmente pelo teclado. Existem fases aéreas, onde não será possível usar as armas que comprou. O jogo, apesar da dificuldade alta, não é algo tão impossível de passar. Tipo assim, ele volta como nos jogos antigos: com tentativa e erro, você vai conseguindo aprender os macetes e passar. As fases e chefes não tem check-point, mas existe um mapinha que mostra seu progresso quando você morre num chefe ou uma fase, o que achei bem genial.

Foto: Reprodução
Algo inovador no jogo é o Parry, onde o personagem pode quicar num objeto ou tiro lançado no inimigo, o que faz pontuar sua barra de energia. Vale lembrar que apenas objetos roxos ou vermelhos brilhantes podem usar o Parry.

Cada Personagem tem uma barra de especial, que aumenta a medida que provoca dano nos inimigos. A barra completa é composta por cinco cartas de baralho. Quando elas estão cheias, você pode usar um special. No jogo, existem três especiais (que não podem ser comprados com moedas). Todos esses especiais são conquistados quando você salva uma xícara dos fantasmas nos Mausoléus. Existem apenas três Mausoléus na Ilha do Tinteiro.

Foto: Reprodução
O primeiro especial consiste em fazer os personagens derramarem leite da cabeça nos inimigos, como se fosse um Kame-hame-ha. O segundo especial deixa o Personagem invulnerável por um tempo, e o terceiro aumenta o dano dos tiros por um tempo. Nesse quesito, acho que o Special 1 é melhor que os outros dois. Minha opinião.

Depois que você finaliza o jogo, você pode jogar as fases no nível especialista. O jogo é uma verdadeira obra de arte. Recomendo bastante. Quem quiser comprar as versão pela Steam ou Gog, deixo abaixo os links:

Cup Head (link Steam) - Preço: R$36,99

Cup Head (link Gog) - Preço: R$36,99

Obrigado por lerem até aqui. Até o próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.

Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts