> O desafiador AD&D Dungeon Hack - Rei dos Games!

terça-feira, 4 de agosto de 2020

O desafiador AD&D Dungeon Hack

Foto: Reprodução
Cara, sou apaixonado por Dungeons & Dragons. Acho que a minha paixão insistiu para terminar Dungeon Hack, um dos jogos de RPG mais desafiadores que eu já joguei. Tipo, ele não se resume a intermináveis e complexas quests; pelo contrário, traz uma proposta bem simples: seu Personagem foi contratado por uma feiticeira maligna para recuperar um item de grande poder, que estava dentro de uma masmorra antiga.

A tal masmorra, bem como todo ambiente do jogo, é ambientado no mundo de Forgotten Realms, o mesmo de Baldur Gate, que já resenhamos aqui. O legal dele é que você nunca repetirá o mesmo jogo, já que essa masmorra é criada ALEATORIAMENTE antes de começar sua campanha. O jogo tem a engine do Eye of the Beholder 3, com a diferença que aqui você controla um Personagem apenas (em Eye of the Beholder você controla um grupo de 4 à 6 Personagens). Nesta masmorra antiga deve encontrar chaves, portais, portas secretas, itens mágicos, poções, pergaminhos e tesouros, até chegar no último nível (a dificuldade define quantos níveis terá a masmorra). Os monstros são os mesmos dos mundos de Forgotten Realms, assim como do D&D tradicional.

Diferente da franquia Eye of the Beholder, outro grande sucesso do AD&D, aqui o jogador pode acompanhar seu trajeto através de um mapa, que pode ser visto tanto no lado do desenho do Personagem, como em tela cheia. O mapa mostra pontos vermelhos (onde estão os monstros), pontos azuis (itens), pontos amarelos (portais), pontos roxos (portas e passagens secretas), etc.



Por ser publicado em 1993 pela antiga TSR, o jogo tem as regras do Advanced Dungeons & Dragons, também conhecido como AD&D. No jogo, você pode criar seu Personagem, usando as Raças e Classes do jogo (não vi o Druida e Bárbaro aqui), bem como fazer a rolagem de atributos. O defeito na rolagem é que você pode customizar os atributos básicos, podendo deixar tudo em 18 ou 19 (dependendo da raça) se quiser. Isso achei ruim. Você também não é obrigado a criar um Personagem, e pode usar outros prontos que o jogo tem disponível.

Cara, vocês não sabem os rages que eu tive jogando esse RPG! Fiz diversas campanhas, e descobri alguns defeitos no próprio game. Um dos grandes defeitos no jogo é que você precisa administrar comida, que é gasto quando você descansa. No início, isso fica sendo um problema. Porém, criei um Clérigo (que cria comida) e resolvi o problema mais escroto do jogo.

Alguns defeitos que encontrei em Dungeon Hack

Controlar os recursos de comida é um problema, mas você pode pelo menos contornar isso criando um Clérigo ou um Clérigo/Guerreiro. Um dos grandes problemas do jogo é, quando você cria uma masmorra aleatória, tem que contar com a sorte: algumas masmorras geradas não tem saída, ou pedem chave que não tem. Esse problema pode ser contornado criando uma campanha em Custom para que você não precise pegar chaves ou portas secretas e outros desafios enquanto ainda é iniciante no game. Por conta desse pequeno defeito de geração de masmorras aleatórias, tive que reiniciar o jogo várias vezes, sempre criando um novo personagem, assim sendo, uma nova campanha.

Na hora de escolher sua Dificuldade (Fácil, Médio ou Difícil) você pode escolher em Custom
Outra coisa chata é que  as vezes o jogo buga também deixando os monstros acertando TODOS OS ATAQUES não importando o tamanho da sua CA. Mesmo com todos os defeitos, ele até que é divertido porque vai ao ponto: desce na masmorra, mata o monstro, ganha XP, itens mágicos e tesouros. O problema todo é isso: você precisa contar com a sorte por causa da masmorra que sistema do jogo, torcendo sempre para que ela não "bugue" (feche as saídas por causa do erro de engenharia do sistema do jogo) até o fim, ou, para jogar sem problemas, crie uma masmorra mais simples em Custom. Outra coisa que achei ridículo no jogo são as poções: uma variedade de poções que não ajudam em absolutamente nada, e as poções de cura são raras.

Aqui você customiza sua masmorra. Repare no código, que pode ser copiado para outros jogarem em outros PCs.
Também não descrição de itens e armas mágicas. As armaduras você sabe porque aumenta a CA, e mais nada. Muitos monstros, como no D&D tradicional, só são acertados por armas mágicas. Em muitos casos você tem que colocar uma arma de menos dano só porque ela acerta o monstro.

Um dos monstros mais escrotos desse jogo...

Meu rage foi nas alturas quando, na minha primeira campanha neste jogo, encontrei essa aberração no meio do caminho. Eu nem conhecia esse mostro, mas tive o desprazer de conhecê-lo da pior forma no jogo. Uma bolota de tentáculos, que fica invisível e te dá uma média entre 30 à 40 de dano, mas pode provocar dano menor. O nome dessa aberração é Greater Feyrs, e ele (claro que fui pesquisar sobre ele) é exclusivo do cenário de Forgotten Realms.

Monstro ridículo - Reprodução
Segundo minhas pesquisas, esse monstro tem Nível Desafio 14 em D&D 3.5, e ele só está em um suplemento de Forgotten Realms. Quem quiser ver a ficha dele, em inglês, clique aqui.

Monstro original do livro de D&D. Foto: Reprodução Wizard of the Coast

Dungeon Hack é um jogo ruim?!

É um bom jogo, mas eu não recomendo se você não curte D&D. Claro que não posso exigir muito de um jogo criado em 1993 (jogos antigos são repletos de escrotices e bugs), mas se você pode suportar os defeitos que citei, ele é até bem divertido. Caso você queria jogar sem dor de cabeça, pode customizar a masmorra (clicando em Custom, na Dificuldade).

Dungeon Hack faz parte do pacote Forgotten Realms: The Archives - Collection Three, vendido na Gog por R$11,99.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

Rei dos Games


Rei dos Games é um site destinado a falar tudo sobre videogames (jogos antigos), RPGs de mesa e board games. Além disso, trazemos tutoriais, dicas, cheats de quem realmente experimentou essas mídias, trazendo também boas recomendações.


Rei dos Games é o único blog dedicado a três tipos de jogos diferentes (eletrônicos, de tabuleiro e RPGs). Se você quer conhecer bons jogos para brincar, este é o lugar certo.


Postamos recentemente

recentposts

Aleatório

randomposts